quinta-feira, 31 de dezembro de 2015

Prefeitura de Jaguari desiste de repassar R$ 100 mil para Carnaval

Prefeitura de Jaguari desiste de repassar R$ 100 mil para Carnaval Arami Fumico/Especial


A prefeitura de Jaguari, na Região Central, decidiu cancelar os repasses para o Carnaval de Rua do município em 2016. De acordo com o prefeito, João Mario Cristofari, o valor gasto seria de cerca de R$ 100 mil.


Santa Maria vai repassar R$ 30 mil a cada escola de samba


No município, de cerca de 11,5 mil habitantes, cerca de 80 mil pessoas chegam a participar do Carnaval de Rua, um dos mais conhecidos da região. A festa não tem escolas de samba, mas o valor repassado é usado para sonorização, banheiros químicos, segurança, ambulância, entre outros. O prefeito Cristofari explica o motivo do cancelamento dos repasses.

Rainha do Carnaval de Santa Maria abre inscrições dia 11 de janeiro

– Só nesse ano, foram cinco decretos de situação de emergência, três vigentes. Tenho problemas de toda ordem, principalmente problemas financeiros. Teria de parar serviços básicos, de manutenção de estradas, para fazer toda essa montagem. Eu teria que destinar máquinas e pessoal para fazer isso em detrimento de problemas sérios do município, como financeiros – explica Cristofari.

Julio de Castilhos cancela desfile de Carnaval e vai investir dinheiro em estradas

A prefeitura deve fechar o ano devendo pelo menos R$ 2 milhões. O valor que não será repassado para o Carnaval vai ser usado principalmente para o recapeamento de algumas avenidas da cidade. O carnaval acontecerá do mesmo jeito, já que, segundo a prefeitura, as entidades já se manifestaram pela manutenção da festa.

Outras duas prefeituras da Região Central também adotaram a mesma medida:  Júlio de Castilhos e Lavras do Sul. Lavras anunciou o cancelamento no último dia 18, devido à recessão econômica. Sem o desfile, a cidade espera economizar pelo menos R$ 200 mil.

quinta-feira, 24 de dezembro de 2015

Confira como estão as condições de quatro rodovias que ligam Santa Maria ao Litoral e ao interior

Confira como estão as condições de quatro rodovias que ligam Santa Maria ao Litoral e ao interior  Jean Pimentel/Agencia RBS

As festas de final de ano se aproximam, e muita gente vai pegar a estrada para comemorar o Natal e o Ano Novo em outras cidades. Para quem sai ou chega a Santa Maria, há quatro acessos principais: as BRs 158, 392 e 287 e a RSC-287, sentido Capital. De modo geral, há obras e buracos em quase todos os trechos. Este ano, as rodovias receberam novos pardais e algumas lombadas eletrônicas foram trocadas de locais, por isso, é preciso respeitar os limites de velocidade.


A Polícia Rodoviária Federal (PRF) já reforçou a fiscalização com a Operação Rodovia, que começou na sexta-feira e segue até 14 de fevereiro, período em que o fluxo de veículos aumenta. As regiões com o maior número de trechos críticos terão atenção redobrada, recebendo mais recursos para deslocamento de efetivo dentro do Estado. Além disso, nos feriados de Natal e Ano Novo, a PRF restringirá o tráfego de veículos de carga nos dias 24 e 31 de dezembro, das 14h às 22h, e no dia 3 de janeiro, das 14h à meia-noite.

Estradas na região

A BR-392, que passa por São Sepé e se estende até Rio Grande, é a que está em pior estado de conservação no percurso percorrido. Há muitos desníveis na pista e no acostamento, em especial no percursos entre São Sepé e Santa Maria. Além disso, em muitos locais, o asfalto está se desmanchando. No trecho percorrido, há pouca ou nenhuma sinalização.

A rodovia que apresentou melhores condições foi a BR-158. Nela não há buracos, o acostamento é adequado em quase todo o trecho percorrido e a sinalização também é boa. Vale redobrar a atenção próximo à boate Corujão, onde é feito o trabalho de reconstrução da pista.

domingo, 20 de dezembro de 2015

BANCO DO BRASIL DE SÃO VICENTE DO SUL É ASSALTADO



 A agência do Banco do Brasil foi assaltada na manhã deste domingo (20). A Brigada ficou sabendo por uma denúncia às 6h da manhã. Durante o ato criminoso, os bandidos usaram um maçarico para arrombar um dos caixas. Não há informação de quanto levaram e nem sobre os suspeitos. O banco está fechado para a perícia.

Fonte Nova Pauta

segunda-feira, 14 de dezembro de 2015

MINISTÉRIO PÚBLICO DE CONTAS TENTA BARRAR ELEIÇÃO DE RÉU POR ESTELIONATO À PRESIDÊNCIA TCE-RS

Marco Peixoto foi acusado de estelionato e deve assumir a presidência do TCE-RS (Foto: Reprodução/RBS TV)

O Ministério Público de Contas (MPC) do Rio Grande do Sul tenta barrar na Justiça a eleição de Marco Peixoto, que responde a processo no Superior Tribunal de Justiça (STJ) por estelionato, para a presidência do Tribunal de Contas do Estado (TCE). Os sete integrantes da corte já decidiram que vão eleger Peixoto, atual vice-presidente do tribunal e candidato único no pleito que será realizado na manhã desta quarta-feira (16).

O procurador-geral do MPC, Geraldo da Camino, ingressou com uma representação para que o procurador-geral da República, Rodrigo Janot, ingresse no STJ contra a posse de Peixoto. Em agosto, o conselheiro se tornou réu por estelionato após a corte federal acolher denúncia do Ministério Público Federal (MPF). Ele é acusado de manter funcionários fantasmas no gabinete quando foi deputado estadual pelo PP em 2007.

Além de responder ao processo, Peixoto tem entre seus assessores um homem condenado por desvio de recursos na Assembleia Legislativa. Antonio Valtair Machado, que ganha R$ 11,8 mil por mês no TCE, terá de devolver cerca de R$ 20 mil aos cofres públicos. O dinheiro tinha sido destinado a ONGs de Santiago, na Região Central, pelo então deputado Marco Peixoto, de quem Valtair também foi assessor na Assembleia, mas não chegou até as entidades.

Peixoto chegou a ser denunciando por esse desvio de verba, mas o então procurador-geral de Justiça arquivou a acusação. O desvio da verba foi uma das razões para o Ministério Público de Contas (MPC) tentar barrar, sem sucesso, a posse do conselheiro no TCE em 2009.

Por meio de nota, o TCE-RS informou que a eleição de Peixoto segue uma "tradição de rodízio" entre seus membros para todas as funções diretivas, pela qual os sete conselheiros exercem a presidência por ordem de antiguidade. Em relação ao processo, a nota destaca que é considerado o "princípio da presunção da inocência", e que o próprio STJ já decidiu que não há razões para o afastamento de Peixoto.



Fonte: Portal G1

sexta-feira, 11 de dezembro de 2015

PF vai intimar Lula para prestar depoimento na operação Zelotes

PF vai intimar Lula para prestar depoimento na operação Zelotes | Foto: Ricardo Stuckert / Instituto Lula / Divulgação / CP


A Polícia Federal (PF) expediu mandado para que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva seja intimado a prestar depoimento na operação Zelotes. O mandado 6262 é do dia 3 de dezembro e define o comparecimento de Lula na próxima quinta-feira, na sede da Polícia Federal em Brasília.


Lula assinou as medidas provisórias 471/2009 e 512/2010, que estão sob suspeita de terem sido compradas por esquema de corrupção que envolve lobistas e montadoras de veículos que se beneficiaram de prorrogação de incentivos fiscais definidas por essas normas.

O filho mais novo de Lula, Luís Claudio Lula da Silva, recebeu R$ 2,5 milhões da Marcondes & Mautoni, consultoria contratada pelas montadoras para fazer o lobby pelas MPs. Os sócios da consultoria, Mauro e Cristina Marcondes, estão presos pela PF e já foram denunciados. O esquema de compras da MP foi revelado pelo jornal O Estado de S.Paulo.

O filho de Lula prestou depoimento e é alvo de um novo inquérito que investiga sua relação com a empresa de lobby. Perícia da PF identificou que o trabalho que Luís Claudio diz ter prestado para a Mautoni se resume a cópia de material produzido na internet, em especial o site Wikipedia.

O ex-ministro Gilberto Carvalho também é alvo das investigações sobre a suposta compra de MPs na época em que ele era chefe de gabinete de Lula. E-mails indicam relação de proximidade do ex-ministro com Mauro Marcondes. Luís Claudio e Gilberto Carvalho negam que tenham envolvimento no esquema de compra de MPs.


quarta-feira, 9 de dezembro de 2015

REPORTAGEM DA RBS APONTA GASTOS EXCESSIVOS COM DIÁRIAS E SALGADINHOS NA PREFEITURA DE SÃO FRANCISCO DE ASSIS


Os gastos do prefeito Horácio com salgadinhos e com diárias para quem atua no interior ganharam outro capítulo. A RBS mostrou que um servidor ganhou 27 diárias em julho, mês que teve apenas 22 dias úteis. Um adicional no salário acima de 2 mil reais. Os vereadores apontaram ainda que há pouco foram gastos mais de 100 mil com 27 assessores, alguns deles ganhando diárias por trabalhos no interior. Até o zelador do cemitério ganha essas diárias. Tudo isso levou a câmara a abrir uma CPI para trazer tudo a limpo.


Versão do prefeito - Horácio Brasil (PP) diz que pode ter havido sim algum equívoco nesses pagamentos de diárias de ajuda de custo que foram baseadas num decreto. O vereador Jeremias foi quem levantou a polêmica: “Servidor que atua exclusivamente na cidade não poderia ganhar diárias por serviços no interior”, diz o pedetista, discordando também dos sete mil gastos em salgadinhos (Isso corresponde a 12 mil e 500 risólis).

Fonte: Nova Pauta

domingo, 6 de dezembro de 2015

Impostos pagos por brasileiros chegam a R$ 1,9 trilhão este ano

O valor pago pelos brasileiros neste ano em impostos alcançou R$ 1,9 trilhão por volta das xxx deste domingo (6), segundo o “Impostômetro” da Associação Comercial de São Paulo (ACSP).
No ano passado, o mesmo valor foi alcançado 6 dias depois – o que aponta aumento da carga tributária, que tem gerado mais custos a empresas e cidadãos, segundo a ACSP. Em 2014, o painel ultrapassou a marca de R$ 1,9 trilhão no dia 12 de dezembro.
O Impostômetro está se aproximando de um recorde de R$ 2 trilhões, que representa a tributação sobre o bolso do cidadão brasileiro”, disse em nota Alencar Burti, presidente da ACSP e da Federação das Associações Comerciais do Estado de São Paulo.
“Além de afetar a área política, a discussão do impeachment deve deixar em segundo plano todas as reformas e ajustes da economia de que o Brasil tanto precisa”.
A marca de R$ 1,9 trilhão equivale ao montante pago em impostos, taxas e contribuições no país desde o primeiro dia do ano. O dinheiro é destinado à União, aos estados e aos municípios.
A previsão da ACSP é de que, no fim de 2015, o Impostômetro bata recorde e ultrapasse R$ 2 trilhões.
O Impostômetro completou uma década neste ano. O painel eletrônico que calcula a arrecadação em tempo real está instalado na sede da associação, na Rua Boa Vista, região central da capital paulista.

O objetivo da ferramenta é conscientizar o cidadão sobre a alta carga tributária e incentivá-lo a cobrar os governos por serviços públicos de qualidade.

quinta-feira, 3 de dezembro de 2015

Deputado Eduardo Cunha aceita pedido de impeachment contra Dilma



O presidente da Câmara, Eduardo Cunha, informou nesta quarta-feira (2) que autorizou a abertura do processo de impeachment da presidente Dilma Rousseff. O peemedebista afirmou que, dos sete pedidos de afastamento que ainda estavam aguardando sua análise, ele deu andamento ao requerimento formulado pelos juristas Hélio Bicudo e Miguel Reale Júnior.

O pedido de Bicudo – um dos fundadores do PT – foi entregue a Cunha em 21 de outubro. Na ocasião, deputados da oposição apresentaram ao presidente da Câmara uma nova versão do requerimento dos dois juristas para incluir as chamadas “pedaladas fiscais” do governo em 2015, como é chamada a prática de atrasar repasses a bancos públicos a fim de cumprir as metas parciais da previsão orçamentária. A manobra fiscal foi reprovada pelo Tribunal de Contas da União (TCU).
Na representação, os autores do pedido de afastamento também alegaram que a chefe do Executivo descumpriu a Lei de Responsabilidade Fiscal ao ter editado decretos liberando crédito extraordinário, em 2015, sem o aval do Congresso Nacional.
"Quanto ao pedido mais comentado por vocês, proferi a decisão com o acolhimento da denúncia. Ele traz a edição de decretos editados em descumprimento com a lei. Consequentemente, mesmo a votação do PLN 5 [projeto de revisão da meta fiscal de 2015] não supre a irregularidade", disse Cunha em entrevista coletiva na Câmara dos Deputados no início da noite desta quarta.
Resposta de Dilma:
A presidente Dilma negou, em pronunciamento, "atos ilícitos" em sua gestão e afirmou que recebeu com "indignação" a decisão do peemedebista. A declaração ocorreu no Salão Leste do Palácio do Planalto, que durou cerca de três minutos.
"Hoje [quarta] eu recebi com indignação a decisão do senhor presidente da Câmara dos Deputados de processar pedido de impeachment contra mandato democraticamente conferido a mim pelo povo brasileiro", disse Dilma, em pronunciamento no Palácio do Planalto.

"São inconsistentes e improcedentes as razões que fundamentam esse pedido. Não existe nenhum ato ilícito praticado por mim, não paira contra mim nenhuma suspeita de desvio de dinheiro público", acrescentou.

quarta-feira, 2 de dezembro de 2015

JOVEM DE SÃO VICENTE DO SUL, ESTUDANTE DE MEDICINA É ENCONTRADO MORTO EM PISCINA EM PORTO ALEGRE



A morte de Fernando Zucuni Furlan, 23 anos, na noite desta terça-feira em Porto Alegre, interrompeu o seu sonho de se tornar médico. Natural de São Vicente do Sul, na Região Central, há três anos ele saiu do interior para viver em Porto Alegre, onde cursava medicina na Pontifícia Universidade Católica (PUC-RS).

Furlan foi encontrado morto dentro de uma piscina durante uma festa de uma turma de 3º ano do curso na Vila Assunção, zona sul de Porto Alegre.

Como a família é de São Vicente, o jovem será sepultado na sua cidade natal. O corpo dele ainda não liberado do Departamento Médico Legal de Porto Alegre e não há confirmação do horário e local do velório e enterro. Segundo informações de familiares, Fernando tinha dois irmãos, um deles era gêmeo.

– Ele era bolsista da PUC, um aluno nota 10. Estava no 3º ano do curso, um aluno maravilhoso, interessado pelo estudo, tirava notas altíssimas – relembra a tia do jovem, Nanci Lopes Furlan.

No perfil do jovem no Facebook, amigos e familiares já deixam manifestações.


"Encantador... Apaixonado pelo estudo e pela profissão que escolheu pra seguir. Que Deus possa nos confortar, e preencher o vazio com as belas lembranças, as boas risadas e com aquelas histórias peculiares", escreveu uma amiga do estudante.

terça-feira, 1 de dezembro de 2015

Cinco ônibus e um lotação são incendiados em Porto Alegre



Pelo menos seis coletivos — cinco ônibus e um lotação —  foram incendiados na noite desta terça-feira em Porto Alegre. Conforme a Brigada Militar, as ações criminosas ocorreram nas avenidas Oscar Pereira e Eduardo Prado, na Rua Ventos do Sul e no bairro Restinga, no Extremo Sul da Capital. O comandante do 1º Batalhão de Polícia Militar (BPM), Kléber Rodrigues Goulart, acredita haver ligação entre os casos devido à forma como os ataques foram realizados.

A Empresa Pública de Transporte e Circulação (EPTC) informou que todos os ônibus do consórcio STS e as linhas T11 e T4, da Carris, suspenderam a circulação na Zona Sul após os ataques.


Na Oscar Pereira, um lotação e um ônibus foram interceptados por um grupo de pelos menos cinco pessoas. De acordo com a BM, os criminosos, com armas em punho, bloquearam a via com pedaços de madeira e obrigaram o motorista do lotação a parar. Eles chegaram a apedrejar o coletivo, ferindo o motorista que precisou de atendimento no Hospital de Pronto Socorro (HPS).

quarta-feira, 25 de novembro de 2015

Senador Delcídio do Amaral é preso na Lava-Jato

Ministério Público Federal apresentou evidências ao Supremo Tribunal Federal de que o líder petista no Senado estaria tentando atrapalhar as investigações da operação





Líder do governo no Senado, Delcídio do Amaral (PT-MS) foi preso na manhã desta quarta-feira pela Polícia Federal. O parlamentar teria sido flagrado na tentativa de destruir provas contra ele e prejudicar as investigações. Também foram detidas outras três pessoas: o chefe do gabinete, Diogo Ferreira; o advogado do senador, Edson Ribeiro; e o banqueiro André Esteves, dono do BTG Pactual, que também estariam envolvidos nas irregularidades.

A operação foi autorizada pelo Supremo Tribunal Federal (STF) depois de o Ministério Público Federal apresentar evidências de que o parlamentar estaria tentando atrapalhar as investigações da Operação Lava-Jato.

Ele foi preso no hotel Golden Tulip, onde mora em Brasília, mesmo local onde, na terça-feira, a PF prendeu o empresário José Carlos Bumlai. A PF também fez busca e apreensão no gabinete do petista, no Senado, em Brasília, e nos Estados do Rio de Janeiro, São Paulo e Mato Grosso do Sul.

Segundo o jornal Folha de S. Paulo, Delcídio havia sido citado pelo ex-diretor da Petrobras Nestor Cerveró, que o acusou de participar de um esquema de desvio de recursos envolvendo a compra da refinaria de Pasadena, nos EUA. O senador teria oferecido o valor de R$ 50 mil mensais para que Cerveró não participasse da delação premiada, e planejado a possibilidade de fuga.

Delcídio procurou Bernardo Cerveró, filho do ex-diretor da Petrobras, que estava preso, para fazer a proposta. Ele estava acompanhado do advogado do ex-executivo, Edson Ribeiro, que também tem ordem de prisão autorizada. O banqueiro André Esteves estaria a par das negociações.


Caberá ao plenário do Senado decidir sobre a prisão do líder do governo na Casa. Enquanto isso, o parlamentar, ficará na Superintendência da Polícia Federal em Brasil. É a primeira vez que um senador é preso no exercício do cargo, já que a Constituição Federal só permite a prisão de parlamentar em flagrante. Neste tipo de ação, de obstrução de investigação, a conduta é considerada crime permanente.

segunda-feira, 23 de novembro de 2015

ACIDENTE NA RS-241 EM SÃO VICENTE DO SUL


                                      Fotos: Velton Freitas 

Na manhã desta segunda-feira ocorreu um acidente automobilístico próximo ao trevo de acesso ao Instituto Federal Farroupilha, na RS 241,  envolvendo um caminhão de Jaguari, que cortou a frente de uma camionete F250, também de Jaguari.  Os dois motoristas estavam de cinto e só tiveram ferimentos leves. A Polícia Rodoviária Estadual demorou mais de 3h para chegar e liberar o trânsito que havia ficado em meia pista.


Deputado Basegio protocola pedido de renúncia na Assembleia




O deputado estadual Diógenes Basegio (PDT) protocolou no final da manhã desta segunda-feira o pedido oficial de renúncia do cargo. As informações são da Rádio Gaúcha.

O trâmite burocrático abre caminho para a declaração de vacância, o que deve ocorrer na sessão plenária da tarde de terça-feira.

Ameaçado de cassação, deputado Diógenes Basegio faz denúncias contra colega

Com isso, o suplente Vinicius Ribeiro poderia assumir a partir de quarta-feira, após a publicação da vacância no Diário Oficial.

A decisão de renunciar, contudo, não interrompe o processo de cassação contra Basegio, conforme artigo 57 do regimento interno da Assembleia Legislativa. A votação em plenário ocorre amanhã.

"Se manipulei dinheiro, era dinheiro meu", diz deputado Diógenes Basegio


Caso seja aprovada a cassação, Dr. Basegio pode ficar inelegível por 11 anos, período que representa os três anos restantes do atual mandato e mais duas legislaturas.

domingo, 22 de novembro de 2015

Procurador admite que Lula poderá cair nas garras da Lava Jato

O  procurador Carlos Fernando dos Santos (foto ao lado), um dos líderes da força-tarefa da Operação Lava Jato, fez a seguinte declaração ao responder se o ex-presidente Lula está sendo investigado:

- O ex-presidente era o responsável pelo governo. Não estou dizendo com isso que as investigações chegarão a Lula. A Lava Jato não investiga pessoas, investiga fatos. Se a Lava Jato chegar ao ex-presidente, vai chegar com uma acusação sólida, com uma denúncia apresentada pelo Ministério Público baseada em fatos concretos, comprovados.

Foi a primeira vez que Lula foi citado como possível alvo


Na semana passada, o ex-presidente foi mencionado pelo delator Salim Schahin, que disse ter emprestado R$ 12 milhões ao pecuarista José Carlos Bumlai para tentar o apoio do ex-presidente em negócios na Petrobras. Bumlai questionou a delação e Lula decidiu não comentar, mas esta não é a primeira vez que Lula é citado em delações premiadas. Esta semana, tanto Ricardo Pessoa, UTC, quanto Nestor Cerveró, envolveram Lula e o PT em malfeitorias claras.

sexta-feira, 20 de novembro de 2015

Manada de búfalos causa acidente na BR-287 em São Vicente do Sul



Uma manada de búfalos provocou um acidente de trânsito na BR-287, em São Vicente do Sul, na madrugada desta sexta-feira. Conforme a Polícia Rodoviária Federal (PRF), o acidente aconteceu na altura do quilômetros 318,9, cerca de dois quilômetros após o trevo de acesso ao município de Mata.

Por volta das 3h, o condutor de um Cruze, com placas de Santiago – que se deslocava no sentido Mata-São Vicente do Sul –, foi surpreendido por uma manada de búfalos que atravessava a rodovia. O motorista tentou desviar mas não conseguiu frear a tempo e acabou atropelando dois dos quatro animais.


Havia outras quatro pessoas no carro no momento do acidente. Por sorte, ninguém se feriu. Não há informações sobre o estado de saúde dos búfalos.

segunda-feira, 16 de novembro de 2015

MPF pode pedir anulação da venda suja da Refinaria Pasadena para a Petrobrás

Os policiais e procuradores federais da Lava Jato encontraram provas que indicam o recebimento de propina por parte de ex-funcionários da Petrobras em relação à compra da refinaria de Pasadena, nos Estados Unidos.

Além disto, já existem provas de que o negócio sujo foi combinado com o ex-presidente Lula e que correu propina solta.

Isto tudo pode resultar no cancelamento do negócio, disse o procurador Carlos Fernando dos Santos Lima, do Ministério Público Federal, nesta segunda-feira:


- É importante este caso porque, quem sabe, com estas provas, nós consigamos, talvez, ou anular a compra, ou quem sabe talvez ressarcir o patrimônio público brasileiro

segunda-feira, 9 de novembro de 2015

Caminhoneiros impedem trânsito de veículos pesados em rodovias do RS

Manifestantes impedem passagem de veículos pesados na BR-287 (Santa Cruz do Sul), na ERS-122 (Caxias do Sul), na BR-386 (Soledade), na BR-285 (Carazinho e Ijuí) e na BR-392 (Pelotas)




No início de mais uma greve, caminhoneiros insatisfeitos com o governo da presidente Dilma Rousseff se reúnem em trechos de rodovias federais e estaduais do Rio Grande do Sul, na manhã desta segunda-feira. Há vários pontos de concentração — sendo que em alguns deles o trânsito está bloqueado para veículos pesados.

Editorial: a greve dos caminhoneiros

As interrupções tem como objetivo a saída da presidente Dilma do cargo, além do tabelamento dos preços do frete, a redução do valor do diesel e a melhoria das condições das estradas.

Entre pontos bloqueados (liberada somente a passagem de carros de passeio e caminhões com carga perecível), estão:

- Em Santa Cruz do Sul, próximo ao km 104 da BR-287
- Em Caxias do Sul, na altura do km 68 da ERS-122
- Em Soledade, na BR-386
- Em Carazinho, na BR-285 próximo ao posto de gasolina Rhriss
- Em Ijuí, na BR-285, próximo ao posto Pizzolotto, no km 497
- Em Pelotas, na BR-392, é liberada somente a passagem de cargas de remédios
- Em Santa Maria, na BR-392, próximo ao posto Buffon
- Em Santa Rosa, no km 168 da BR-472

- Em Mato Castelhano, no km 273 da BR-285

quinta-feira, 5 de novembro de 2015

A situação da pior rodovia do Estado, entre São Vicente do Sul e Rosário do Sul

O trecho 85, composto pelas ERSs 241, e 640 e pela BR-158, foi eleito o quinto pior do país em pesquisa divulgada pela Confederação Nacional do Transporte




Um pódium que ninguém queria. O trecho 85, composto pelas ERSs 241, e 640 e pela BR-158, que liga São Vicente do Sul a Santana do Livramento/Rivera, foi eleito o quinto pior do país em pesquisa divulgada nesta quarta-feira pela Confederação Nacional do Transporte (CNT). Outra ligação importante da Região Central, que leva de São Borja à BR-386 (Tabaí-Canoas) e inclui a BR-287 e a RSC-287 em Santa Maria, também ficou para trás: é a 26º pior do Brasil. O estudo da CNT revela, ainda, que, dos 529 quilômetros avaliados como péssimos no RS, cerca de 115 pertencem à Região Central.


O trecho entre São Vicente e a fronteira uruguaia avaliado pela CNT tem 114 quilômetros e foi classificado como ruim. Quando analisadas as rodovias em separado, a situação ainda é pior. Os dois trechos mais críticos da região, classificados como péssimos nos quesitos geral, pavimento (condição da pista) e sinalização (horizontal e vertical) partem de São Vicente do Sul: pela ERS-241, em direção a São Francisco de Assis, e pela ERS-640, em direção a Cacequi. As notas baixas no ranking também levam em conta a geometria da estrada (que considera, por exemplo, a presença de faixas adicionais, curvas perigosas sem proteção ou sinalização e acostamento) e a infraestrutura de apoio, como oferta de borracharias, oficinas mecânicas, postos de combustível e lanchonetes.


A responsabilidade pela manutenção das estradas estaduais é do Departamento Estadual de Estradas de Rodagem (Daer). O órgão, por meio da assessoria de imprensa, afirmou que as condições de tráfego das vias pioraram consideravelmente em função das fortes chuvas que atingiram o Estado. Ainda segundo o Daer, a capacidade de trabalho das equipes estão reduzidas em função do mau tempo.

O Daer afirma que os serviços de recuperação e manutenção serão realizados assim que o tempo colaborar e que os trechos mais críticos serão priorizados





domingo, 1 de novembro de 2015

José Dirceu é alvo de investigação no Peru





Preso pela Operação Lava-Jato desde 3 de agosto em Curitiba, o ex-ministro da Casa Civil José Dirceu tem uma nova fonte de dor de cabeça. É que ele é também investigado pela Fiscalía Especializada Anticorrupción do Peru, o equivalente naquele país à Procuradoria-Geral da República no Brasil. Dirceu é suspeito de intermediar repasses de dinheiro de empreiteiras brasileiras para integrantes do governo Alan García, que presidiu o Peru entre 2006 e 2011. É também apurado se o esquema teria se prolongado até o atual governo, de Ollanta Humala.

Conforme a agenda do ex-presidente Alan García — à qual Zero Hora teve acesso — e também rastreamento de voos, Dirceu realizou cinco viagens ao território peruano entre 2007 e 2011. Em 23 de janeiro de 2007, início do governo de García, o ex-ministro brasileiro foi recebido em palácio pelo então presidente peruano.

Dirceu atuava como lobista das empreiteiras Engevix e OAS, ambas envolvidas no desvio de dinheiro de contratos da Petrobras. O interesse das empresas era conquistar projetos no Peru e, para isso, firmou contrato com o ex-ministro. Ele, por sua vez, fez repasses de dinheiro periódicos por meio da JD Consultoria (empresa pertencente a Dirceu) para uma conhecida sua no Peru, a brasileira Zaida Sisson.

Zaida é mulher de Rodolfo Beltrán Bravo, ministro da Agricultura do Peru no governo Alan García. Ela também é investigada pela Lava-Jato. Zaida recebeu 20 transferências bancárias realizadas pela JD Consultoria (de Dirceu) entre 16 de janeiro de 2009 e 16 de novembro de 2011, que somam R$ 364.398. Conforme declarações de um dos delatores da Lava-Jato, o lobista Milton Pascowitch, Zaida trabalhava para Dirceu na tentativa de obter contratos para a Engevix e para a Galvão Engenharia no Peru. Ela era ligada ao PT e, desde 2001, morava em Lima, onde passou a militar também no Apra (partido de Alan García).

Pascowitch, Dirceu e Zaida fizeram juntos lobby pelas empreiteiras no Peru, conforme um dos 12 depoimentos prestados pelo delator à Lava-Jato. Em janeiro de 2007, Dirceu já tinha sido recebido pelo presidente peruano. Com ele estava José Aldemário Pinheiro Filho, o Leo Pinheiro, dirigente da empreiteira OAS, que acaba de ser condenado a 16 anos de reclusão por corrupção, em sentença dada pela Operação Lava-Jato

sexta-feira, 30 de outubro de 2015

É o fim melancólico do PT e do seu corrupto chefe Lula

As capas das três principais revistas semanais brasileiras tratam todas do mesmo tema, mais uma vez sobre a corrupção comandada por este cidadão que é o protagonista da reportagem especial de Veja.

Lula aparece em uniforme que lembra as vestimentas de um presidiário, mas em vez de listas, cada linha corresponde a nomes que de uma ou de outra forma foram apanhados em grossas malfeitorias, prisioneiros de verdade, investigados, testemunhas ou réus.

A reportagem mostra que desta vez o ex-presidente não escapará das garras da Justiça, o que ele conseguiu durante o julgamento do Mensalão, já que naquela época os membros da organização criminosa do PT não abriram a boca para incriminar o chefe.

Desta vez não ocorre o mesmo.


O que se presume é que o cerco fechou mesmo a rosca e Lula poderá ser preso agora ou mais adiante, quando for julgado.

segunda-feira, 26 de outubro de 2015

Ônibus clandestino tomba na BR-287 e 10 pessoas ficam feridas

Um ônibus tombou, na tarde desta segunda-feira, na BR-287. O ônibus, com 26 passageiros, viajava pela rodovia no sentido Jaguari - Santa Maria.




Por volta das 13h30min, o ônibus saiu da pista e tombou, no trecho entre Jaguari e São Vicente do Sul. Segundo a PRF, o estouro de um dos pneus teria causado o acidentePelo menos 10 pessoas ficaram feridas, entre elas o motorista, e foram socorridas pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu).

Sete foram encaminhados ao Hospital de São Vicente do Sul com ferimentos leves. O motorista, Roberto Dutra Rauber, 40 anos,  que seria o proprietário do ônibus, e outras duas pessoas seguiram para o Hospital de Jaguari.

 Uma passageira de 57 anos recebeu atendimento e foi liberada. Ernani Boezzio, 56, foi transferido para o Hospital Universitário de Santa Maria (Husm) e Rauber foi levado para o Hospital de Caridade de Santiago. Até o início  da noite, ambos passavam por exames. Os passageiros que não se feriram seguiram viagem em outro veículo.


domingo, 25 de outubro de 2015

Com trégua da chuva, rios baixam e número de desabrigados estabiliza no RS




A trégua da chuva no sábado e em parte do Estado neste domingo se refletiu em estabilização nos números de atingidos e até em queda no nível dos principais rios. O único que registrou aumento, segundo o balanço divulgado pela Defesa Civil, foi o dos Sinos, que subiu 5cm.

No entanto, metade ainda está acima do nível de alerta (veja os dados no fim da reportagem). Entre eles o Guaíba, que caiu de 2m65cm para 2m57cm, mas o nível de alerta é de 2m10cm.

O número de famílias desalojadas (foram para casa de conhecidos) é de 6.499 — 91 a mais do que no sábado —, enquanto o de famílias desabrigadas (necessitam de abrigo público) caiu para 1.306 — 47 a menos.

Chuvas avançam pelo RS neste domingo, diz meteorologia
#EuAjudo: Saiba como ajudar as pessoas afetadas pelas chuvas no RS

A Defesa Civil mantém o alerta para novos temporais. Conforme o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), existe risco de alagamentos, incidência de descargas elétricas e queda de granizo principalmente na região Noroeste.


Segundo a Climatempo, chove na Fronteira Oeste, no Noroeste e na Região Central desde a manhã de domingo e a tendência é que, na medida em que a instabilidade que se formou na Argentina avance pelo RS, vá provocando pancadas de chuva.


Nível dos rios segundo a Defesa Civil neste domingo:

Sinos: 5m30cm (5m é o nível de alerta)
Rio Gravataí: 4m29cm (4m50cm é o nível de alerta)
Rio Jacuí: 1m92cm (9m32cm é o nível de alerta)
Uruguai: 8m96cm (8m é o nível de alerta)
Guaíba: 2m57cm (2m10cm é o nível de alerta)
Caí: 6m61cm (7m é o nível de alerta)

sexta-feira, 23 de outubro de 2015

Brasil fecha 95,6 mil vagas formais e tem pior resultado para setembro desde 92




No mês de setembro, o Brasil fechou 95.602 vagas formais de emprego, segundo informou nesta sexta-feira, o Ministério do Trabalho e Emprego e Previdência Social, o pior resultado para o mês da série histórica iniciada em 1992. Os dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) são fruto de 1.326.735 admissões e 1.422.337 demissões.

O resultado foi muito inferior ao registrado em setembro do ano passado, quando ficou positivo em 123.785 vagas pela série sem ajuste. No acumulado dos últimos 12 meses, o País fechou 1,24 milhão de vagas. Desde janeiro deste ano, o saldo de postos fechados é de 657,8 mil. Os dados são sem ajuste, ou seja, não incluem as informações passadas pelas empresas fora do prazo.

Os dados relativos ao mês passado são os primeiros divulgados sob a gestão de Miguel Rossetto à frente da pasta que fundiu Trabalho e Emprego e Previdência Social. O ministro optou por não conceder coletiva de imprensa para comentar os números.


O resultado divulgado hoje ficou perto do teto das expectativas do mercado para o mês passado. Expectativa era que o mercado de trabalho com carteira assinada tivesse retração de vagas em setembro, com resultado negativo entre 45.000 a 102.510, sem ajuste.

quarta-feira, 21 de outubro de 2015

CPI da Petrobras aprova relatório que isentou Dilma, Lula, Foster e Gabrielli


Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Petrobras aprovou na madrugada desta quinta-feira (22) o relatório final apresentado pelo deputado Luiz Sérgio (PT-RJ), por 17 votos a 9, com uma abstenção. O relatório isenta de responsabilidade o ex-presidente Lula, a presidente Dilma Rousseff e os ex-presidentes da estatal José Sérgio Gabrielli e Graça Foster.

A comissão, porém, ainda vai apreciar destaques que podem retirar trechos do texto ou acrescentar outros contidos nos pedidos apresentados pelos deputados Altineu Côrtes (PR-RJ), Bruno Covas (PSDB-SP), Andre Moura (PSC-SE) e Arnaldo Faria de Sá (PTB-SP).

O relatório também não faz menção a políticos investigados por suspeita de envolvimento em recebimento de propina e não pede indiciamentos.
Deputados do PMDB, PSDB, Psol, PPS, PHS e PSD criticaram o relatório de Luiz Sérgio. Como o relatório foi aprovado, os votos em separado apresentados pelos deputados Antonio Imbassahy (PSDB-BA), Carlos Marun (PMDB-MS) e Ivan Valente (Psol-SP) foram rejeitados e serão considerados apenas votos individuais de seus autores.
Ivan Valente queria o indiciamento de políticos denunciados pelo Ministério Público por irregularidades na Petrobras, como o presidente da Câmara, Eduardo Cunha, o deputado Arthur Lira (PP-AL) e os senadores Benedito de Lira e Fernando Collor. Todos negam ter recebido dinheiro desviado da Petrobras.

Antonio Imbassahy queria responsabilizar o ex-presidente Lula, a presidente Dilma Rousseff (ex-presidente do Conselho Administrativo da estatal) e os ex-presidentes da Petrobras José Sérgio Gabrielli e Graça Foster.

Já Carlos Marun queria que o relatório deixasse explícito que houve corrupção institucionalizada na Petrobras.

Comissão da Câmara aprova projeto que dificulta aborto legalizado



A Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Câmara aprovou na tarde de ontem, por 37 votos contra 14, o Projeto de Lei 5069/13, de autoria do presidente da Casa, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), que estabelece penas específicas para quem induzir ou orientar gestantes ao aborto, com agravamento de pena para profissionais da saúde. Na prática, a lei também dificulta o acesso ao aborto legal. O projeto modifica a Lei de Atendimento às Vítimas de Violência Sexual (Lei 12.845/13) e segue para ser votado em Plenário da Câmara.

Papa coloca aborto em debate ao permitir que padres concedam o perdão a mulheres arrependidas

O texto levantou debates entre os deputados presentes. A lei, atualmente, prevê pena de prisão para a gestante que abortar e para o responsável que auxiliá-la a realizar a prática. Pela nova proposta, também passam a ser penalizados, de seis meses a dois anos, quem "induzir ou instigar" gestantes a praticar aborto, além daqueles que venderem ou entregarem substâncias ou objetos destinados a provocá-lo e ainda, anunciarem processo, substância ou objeto destinado a provocar o ato. Quando os casos descritos são cometidos por médicos ou agentes de saúde, farmacêuticos ou enfermeiros, a punição passa a ser de um a três anos de detenção. O projeto também prevê que o crime se torne qualificado — o que aumenta as penas em um terço — quando o aborto resultar em alguma lesão. Se a prática resultar em morte da gestante, as penas são duplicadas.


Embora o texto proíba e puna o anúncio e a venda de métodos abortivos, tais meios e substâncias não foram especificados — o que gerou debate em torno do direito da mulher ao uso da pílula do dia seguinte. Grupos religiosos, por exemplo, querem, após essa proposta, mudar o entendimento sobre a droga, a fim de considerá-la abortiva.

sábado, 17 de outubro de 2015

PF abre inquérito para investigar campanha de Dilma



Quase quatro meses após o ministro Gilmar Mendes, do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), determinar abertura de inquérito para investigar suposta prática de atos ilícitos na campanha que reelegeu a presidente Dilma Rousseff em 2014, a Polícia Federal instaurou a investigação. A primeira determinação do ministro é de junho; a segunda é de agosto.

Delator acusa Delcídio de receber propina por refinaria de Pasadena, diz TV

Gilmar utiliza informações reveladas pelas investigações da Operação Lava-Jato para dizer que a campanha foi supostamente financiada com recursos da Petrobras. Por ser uma empresa de capital misto (recursos públicos e privados) a petroleira é vedada de financiar campanhas eleitorais.

— As doações contabilizadas parecem formar um ciclo que retirava os recursos da estatal, abastecia contas do partido, mesmo fora do período eleitoral, e circulava para as campanhas eleitorais — escreveu o ministro.

Ministro do TCU manda investigar eventuais "pedaladas" de 2015

O ministro também citou delação premiada do lobista Milton Pascowitch, que afirmou a investigadores que parte dos recursos de propina teria sido repassada a pedido do então tesoureiro do PT João Vaccari Neto, hoje preso na Lava-Jato, ao site Brasil 247, "simulando contrato de prestação de serviços".

— O objetivo seria financiar a propaganda disfarçada do Partido dos Trabalhadores e seus candidatos, além de denegrir a imagem dos partidos e candidatos concorrentes. Em suma, há indicativos de que o partido recebeu auxílio por meio de sociedade de economia mista e publicidade — resume.

TSE reabre ação eleitoral contra campanha de Dilma e Temer

As contas de campanha da presidente Dilma e do PT foram aprovadas com ressalvas pelo TSE em dezembro de 2014. A aprovação se deu na Corte por unanimidade após os ministros acompanharem o voto do relator, que foi o próprio Gilmar. No despacho ele justificou seu voto pela aprovação alegando que "apenas no ano de 2015, com o aprofundamento das investigações no suposto esquema de corrupção ocorrido na Petrobrás, vieram a público os relatos de utilização de doação de campanha como subterfúgio para pagamento de propina".

Logo após o despacho do ministro, a Secretaria de Comunicação Social do Palácio do Planalto emitiu nota afirmando que: "Todas as contribuições e despesas da campanha de 2014 foram apresentadas ao TSE, que após rigorosa sindicância, aprovou as contas por unanimidade", diz a nota assinada pelo ministro da Comunicação Social, Edinho Silva, que foi o tesoureiro da campanha de Dilma no ano passado

sexta-feira, 16 de outubro de 2015

Cidades da região contabilizam estragos depois dos temporais



Até a tarde desta sexta-feira, as cidades da Região Central ainda contabilizavam os prejuízos causados pelo temporal.

Moradores de 26 municípios do RS poderão sacar parte do FGTS

Em Dilermando de Aguiar, a 8ª feira do município reabriu na sexta-feira, depois de ter a estrutura danificada pelo vento. Segundo a organização, uma reforma foi feita na estrutura, e a programação do fim de semana está confirmada.

No município, em torno de 50 casas foram danificadas, 16 postes caíram e mais de 300 metros de lonas foram distribuídos. Até a tarde desta sexta-feira, a cidade permanecia sem energia.

Parte do município de Formigueiro, que também foi atingido pelos temporais, permanecia sem luz, sem água e sem rede de telefonia até a tarde desta sexta. Na cidade, mais de quatro mil metros quadrados de lona foram distribuídos para 141 famílias e 46 ainda precisavam do material, que se esgotou.

Em Jaguari, 447 locais foram atingidos pelo vento, e cerca de 19 famílias estavam fora de casa. A cidade decretou emergência devido às enchentes e, segundo o prefeito João Mário Cristofari, o prejuízo era de R$ 5 milhões:


– Estamos preocupados. É uma situação muito delicada. O novo prejuízo gira em torno de R$ 3 milhões.

SÃO VICENTE DO SUL FOI ATINGIDO POR TEMPORAL



O Temporal ocorrido em São Vicente do Sul, na madrugada de 15 de Outubro de 2015, foi um dos mais terríveis dos últimos tempos. Destruiu diversas casas, derrubou muitas árvores algumas centenárias. O local  mais atingido foi o Núcleo Habitacional  Novo Horizonte.  A cidade ficou sem luz e sem o abastecimento de água.

segunda-feira, 12 de outubro de 2015

GILMAR MENDES AVISA QUE NÃO É PRECISO APARECER UM FIAT ELBA PARA ACABAR COM DILMA

"É um mecanismo que está no texto constitucional. Agora se tem que perguntar se tem fundamento jurídico e político para isso. Também tem que se aceitar que não é necessário que se tenha um Fiat Elba, como sempre se fala, ou uma prova concreta que o presidente cometeu peculato", disse o ministro Gilmar Mendes, do Supremo Tribunal Federal, fazendo alusão à prova surgida no impeachment do ex-presidente Fernando Collor, em 1992 O impeachment é previsto na Constituição Federal e consta de todas as Constituições de Países democráticos.

Outro mecanismo de remoção democrática é o recall, que não é previsto na legislação brasileira, mas é muito utilizado nos Estados Unidos.